Hábito Bom, Hábito Ruim. Como Conviver Com Hábitos? | Melhore de Vida
Home » Comportamento » Hábito Bom, Hábito Ruim. Como Conviver Com Hábitos?

Hábito Bom, Hábito Ruim. Como Conviver Com Hábitos?

Quebrar um mau hábito

Um hábito é uma ação ou série de ações que realizamos de forma subconsciente.  Não temos que pensar conscientemente sobre fazer essas coisas, elas parecem acontecer por conta própria. Um Hábito pode ser bom ou ruim, dependendo de como ele melhora a nossa qualidade de vida, ou nos afasta dela.

Alguma vez você se locomoveu ao seu trabalho e quando chegou lá percebeu que não tinha nenhuma lembrança do que aconteceu durante o trajeto?

Ou você errou o caminho quando dirigia, pegando uma saída errada quando, na verdade, pretendia fazer o caminho que estava acostumado, simplesmente porque não se deu conta que ia para um lugar diferente do habitual?

Nossas mentes nos tornam condicionados a fazer as coisas de uma certa maneira, simplesmente porque estamos acostumados desta forma. Isso pode ser uma coisa boa, pois facilita de certo modo a nossa rotina diária. Imagine ter que se concentrar intensamente em cada pequena coisa que você irá fazer como lavar pratos ou tirar o lixo. Parece cansativo, não é mesmo? Seria um enorme desperdício de energia se tivéssemos que agir assim.

No entanto, as ações negativas também podem se tornar hábitos e estes podem se tornar extremamente difíceis de serem mudados. Quantas vezes você já tentou adotar um programa de exercícios, parar de fumar, perder peso, ou organizar um armário? Demora entre 21 a 30 dias para se formar um novo hábito. Isso significa que você deve executar suas novas ações repetidamente, dia após dia, por até 30 dias para que a sua mente subconsciente comece a fazê-las automaticamente. Até lá é preciso esforço consistente e foco.

Como eliminar um mau hábito?

Quebrar um mau hábito

Ao tentar quebrar um mau hábito é fundamental substituí-lo por um bom hábito, caso contrário você vai acabar sentindo-se inquieto, ansioso a voltar para o mau hábito para que ele preencha o vazio que deixou e isso o deixará estressado. Por exemplo, quando parar de fumar, tenha uma goma de mascar, um legume fatiado (cenoura é ótimo para tal) que será ingerido cada vez que a vontade de fumar apareça. Faça um exercício físico, respiração profunda, um hobby, etc.

Quando a vontade de acender um cigarro vier, você tem outras atividades que pode usar para se manter ocupado e substituir o ato de fumar. No exemplo acima, o novo hábito pode não parecer um substituto adequado (especialmente se a retirada da nicotina é parte da equação), mas com reforço consistente, sua mente vai começar a deixar de ir ao velho hábito de fumar e adotar os hábitos mais recentes que você adotou.

Ao tentar adotar um novo hábito, como o exercício físico, você pode precisar colocar lembranças visíveis em sua mesa, na porta da geladeira ou no espelho do banheiro. Lembre-se que a sua mente está acostumada a não pensar sobre o exercício, sobre comer cenouras, sobre distrair-se com algum hobby. Vai levar algum tempo para que a sua mente esteja focada a mudar determinado hábito.

É importante ter paciência com você mesmo, pela forma com que irá trabalhar para mudar seus hábitos. Lembre-se que eles são hábitos, porque eles são em grande parte subconscientes. Quando você concentrar a sua mente consciente repetidamente em suas novas ações, elas também se tornarão subconscientes, assim como as ações negativas se tornaram algum dia.

Não fique abatido se você falhar em alguns momentos quando estiver trabalhando na formação de novos hábitos. Ninguém é perfeito e você provavelmente terá dias em que não atingirá as suas metas. O aspecto mais difícil de formar novos hábitos é tornar-se consciente das ações automáticas que tomamos todos os dias e tomar uma decisão consciente para mudá-los.

Crie um gráfico com o seu objetivo e deixe-o em local acessível para que você o veja todos os dias. Ele pode servir como um grande lembrete para seus objetivos, bem como mostrar o seu progresso no dia a dia.

Participe do Blog - Compartilhe...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone

Deixe Um Comentário

Sobre Roberto Wagner

Apaixonado por Tecnologia, Marketing e o Maravilhoso Mundo da Internet. Especialista em SEO, Criação de Sites e Blogs e tudo que diz respeito ao Marketing Digital.

Comente este artigo

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados são obrigatórios *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>