Impossível é Apenas Uma Palavra. | Melhore de Vida
Home / Desenvolvimento Pessoal / Impossível é Apenas Uma Palavra.

Impossível é Apenas Uma Palavra.

Todos, em algum momento de sua vida, sonharam em ser alguém especial, alguém grande. Quem nunca fantasiou em ser aquele que vence o grande prêmio de fórmula 1? Em ser o melhore jogador de futebol? Que mulher nunca sonhou em ser a rainha do baile? E quantas vezes sonhamos em ser ricos, bem sucedidos ou felizes com nossos relacionamentos?

Muitas vezes, sonhamos grandes sonhos e temos grandes aspirações. Infelizmente, nossos sonhos permanecem assim – sonhos. E nossas aspirações facilmente acumulam poeira em nosso sótão.

Esta é uma triste reviravolta na nossa vida. Em vez de experimentar aventuras emocionantes em auto-realização, somos envolvidos por uma vida cheia de rotinas e monotonia.

Mas você sabe porque? A vida poderia ser muito melhor se ao menos aprendêssemos a mirar mais alto,  ter objetivos mais ousados.

O problema mais comum para definir metas é a palavra impossível. A maioria das pessoas fica paralisada pensando que não pode fazer determinada coisa. É tão difícil. É impossível demais. Ninguém pode fazer isso.

No entanto, se todos pensassem desta forma, não haveriam as invenções, inovações, nem avanços na realização humana.

Por outro lado, algumas pessoas sofrem sonhando sonhos totalmente inatingíveis. O resultado? Sonhos destruidos e aspirações esfarrapadas.

Se você se limita com insegurança e suposições auto-limitadas, nunca será capaz de romper o que julga impossível. Se você chegar muito longe no céu sem trabalhar em direção ao seu objetivo, você se encontrará apegado ao sonho impossível.

Tente este exercício. Pegue um pedaço de papel e anote alguns objetivos em sua vida. Em um cabeçalho, liste as coisas “você sabe que pode fazer”. Em outro cabeçalho, escreva as coisas “você pode fazer”. E, em mais uma, liste as coisas que “são impossíveis para você”.

Agora comece o seu esforço todos os dias para atingir as metas que estão abaixo das coisas “você sabe que pode fazer”. Verifique quando você é capaz de realizá-los. À medida que você for atingindo as as suas metas nesse título, tente começar a trabalhar as metas sob o outro cabeçalho, o que diz “você pode fazer”.

A partir dos itens que você escreveu sob as coisas que eu poderia fazer, você pode mover as metas que estão sob as coisas que são “impossíveis de fazer” para a lista de coisas “que você pode fazer”.

À medida que você percorrer esse processo, descobrirá que as metas que considerava impossíveis se tornarão mais fáceis de realizar. E o impossível começa a parecer possível depois de tudo.

Você vê, a técnica aqui não é limitar sua imaginação. É mirar alto e começar a trabalhar para esse objetivo pouco a pouco. No entanto, também é insensato definir uma meta que seja verdadeiramente irrealista.

Aqueles que apenas sonham com um objetivo sem trabalhar duro acabam desapontados e desiludidos.

Por outro lado, se você dissesse a alguém cem anos atrás que era possível que o homem estivesse na lua, eles ririam de você. Se você dissesse a eles que poderia enviar correspondência daqui para o outro lado do mundo em poucos segundos, eles diriam que você estava fora de si. Mas, através do puro desejo e perseverança, esses sonhos impossíveis agora são realidades.

Thomas Edison disse uma vez que o gênio é 1% de inspiração e 99% de transpiração. Nada poderia ser mais verdadeiro. Para realizar seus sonhos, tem que haver trabalho e disciplina. Mas tome nota que 1% tem que ser um grande sonho, e não algo fácil de realizar.

Pergunte a qualquer personal de academia e ele/a dirá que não pode haver ganhos a menos que você esteja fora da sua zona de conforto. Lembre-se do ditado: “Sem dor, sem ganho”? Isso é tão verdadeiro quanto pode ser.

Então sonhe! Não seja pego com suas limitações percebidas. Pense grande e trabalhe duro para atingir esses sonhos. Ao subir a escada do progresso, você descobrirá que o impossível acaba de se tornar um pouco mais possível.

Participe do Blog - Compartilhe...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Email this to someone

Deixe Um Comentário